10 de outubro de 2020

Total, privativa, comum: Conheça as diferenças das áreas do condomínio

10

Na busca por um imóvel nem sempre se está preparado para lidar com alguns termos técnicos que definem as áreas de um condomínio, apartamento, entre outros. Área total, privativa e comum são nomenclaturas comuns, mas nem todo mundo conhece suas especificidades. Aqui vamos explicar de maneira simples o que cada área dessas significa, para lhe ajudar a escolher o lar ideal para suas necessidades e estilo de vida.

 

Um apartamento pode ter quatro tipos diferentes de cálculos para suas áreas: área privativa, área comum, área útil e área total. É importante que você as conheça tanto para conferência e preenchimento de documentos oficiais, como escrituras, averbações ou declarações para o governo, quanto para fazer a escolha correta de acordo com seu estilo de vida. 

 

Área útil

É aquela que contempla todos os espaços nos quais o morador pode transitar, mobiliar ou decorar. É a área do apartamento que efetivamente pode ser aproveitada pelo morador, desconsiderando assim os pilares e as paredes. A área útil é feita com o somatório de cada área dos ambientes internos. Aqui vale ressaltar que garagens e varandas não estão incluídas.

 

Área comum

São as áreas comuns a todos os moradores do prédio, como escadas, corredores, hall de entrada, portaria e elevadores, além de espaços de lazer como churrasqueira, salão de festas, piscina, playground, quadra de esporte, etc.  Estas áreas são rateadas entre os apartamentos e entram no cálculo da área total real do apartamento.

 

Área privativa 

É todo o espaço que contempla a parte interior do apartamento. Fique atento, no tamanho da área privativa estão incluídas as paredes internas e externas, isto faz diferença ao escolher o tamanho do seu apartamento.

 

Área total

É a área completa do imóvel que você vai adquirir. Para descobrir a área total de um apartamento, some a área privativa + a área comum (dividida proporcionalmente entre os condôminos).

 

Quanto à garagem, vai depender do empreendimento. Ela será considerada parte da área privativa quando as vagas forem reservadas de maneira específica para cada morador. Caso o condomínio possua um estacionamento onde as vagas são utilizadas de maneira aleatória, deve-se considerar esse espaço apenas como área comum. 
Agora que você já aprendeu o que cada área do empreendimento contempla, analise qual tamanho de imóvel se adequa ao perfil e faça a melhor escolha. Aqui em nosso site você conhece todos os empreendimentos Fortex, além de poder falar conosco por Whatsapp ou direct no Instagram. E se preferir, fale com seu corretor de confiança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *